Skip to content

O Que Se Tem em Comum na Questão de Renavam Nota Fiscal





Saiba tudo sobre Renavam nota fiscal e fique livre dos despachantes.

Comprar ou vender um veículo nem sempre é tão simples como parece. Para não cair em negociações furadas, tanto o vendedor quanto o comprador precisam ficar atentos.

Alguns detalhes são muito importantes para a atenção, que às vezes passam despercebidos. É o caso da questão do Renavam nota fiscal. Depois de concretizar uma negociação de compra e venda de veículo, é hora de dar entrada na papelada.

É um processo que pode ser um pouco cansativo, mas totalmente necessário. E, para isso, esses dois documentos serão fundamentais.




Mas, qual é a relação entre o Renavam e a nota fiscal? O que precisamos saber sobre esse assunto ao comprar ou vender um veículo, seja ele novo ou usado? Posso conseguir o número do Renavam a partir da nota fiscal?

Esses são alguns dos temas que abordaremos neste artigo. Além de esclarecer todas essas dúvidas mais comuns, ajudaremos os proprietários de veículos em como proceder quando não se tem a nota fiscal do veículo.

Continue lendo e confira! Neste artigo você vai aprender tudo sobre como funciona toda a questão de Renavam nota fiscal veículo.

Renavam Nota Fiscal
Renavam Nota Fiscal

Como funciona o Renavam Nota Fiscal ao Vender Carro

Quando se vende um carro, a maior parte da burocracia fica com o comprador, como preencher o formulário Renavam, pagar taxa de emissão do novo CRV (Certificado de Registro de Veículo) e dar entrada no DETRAN do seu estado.




Mas, existem alguns procedimentos que o vendedor precisa fazer, como:

Preencher o CRV e assinar, reconhecer firma em cartório e comunicar a venda ao DETRAN. Em muitos estados esse comunicado pode ser feito online.

Feito isso, cabe ao comprador fazer a parte dele, conforme explicaremos no tópico abaixo.

E o Renavam Nota Fiscal em Caso de Compra de Carro Zero?

Ao adquirir um veículo novo, a maioria das pessoas recorre a um despachante ou ao próprio serviço das concessionárias para emplacar e obter a documentação necessária (cadastrar Renavam nota fiscal e documentos do veículo).

Dessa forma, os compradores não precisam se envolver com papeladas e burocracias nem se preocupar com as questões de nota fiscal Renavam.



Mas, o que muitos não sabem é que qualquer pessoa pode realizar os procedimentos por conta própria para emplacar e obter os documentos.

Fazer isso não é nenhum bicho de 7 cabeças.

Para você que é do tipo “faça você mesmo” ou apenas quer economizar uma boa quantia do seu bolso, confira abaixo o caminho das pedras:

A primeira coisa a fazer é a emissão do Certificado de Registro de Veículo (CRV). Esse procedimento precisa ser feito no prazo de 30 dias após a emissão de nota fiscal pela loja.

Para isso, entre em contato com o DETRAN do seu estado e agende data e horário para dar entrada nos documentos.

Compareça levando os seguintes documentos: RG, CPF e CNH (original e cópia), comprovante de residência recente, nota fiscal emitida pela loja e formulário Renavam preenchido (2 cópias). Se o carro tiver sido financiado, leve também o contrato e uma cópia.

No próprio DETRAN você deverá pagar a taxa de emplacamento e dar entrada no Certificado de Registro de Veículo (CRV).

Pronto! Agora basta aguardar a emissão do novo registro.

Renavam nota fiscal de veículo

O Que Tem a Ver Renavam e Nota Fiscal?

Renavam e nota fiscal são dois documentos diferentes, mas estão relacionados.

Enquanto o Renavam é um número que funciona como o “RG” do veículo, onde consta todo o seu histórico desde a fabricação, a nota fiscal é um documento comprobatório de compra e venda e da devida tributação sobre o veículo.

Mas não é só isso.

Quando se compra um veículo novo, é preciso apresentar a nota fiscal para dar entrada no Renavam e emitir os documentos do veículo.

Por esse motivo, ambos são documentos de suma importância para quem adquire um veículo.

O Número do Renavam é Gerado Pela Nota Fiscal?

A resposta simples é não.

O número do Renavam é gerado ao dar entrada no formulário Renavam e virá impresso no topo do seu CRLV (Certificado de Registro e Licenciamento de Veículo).

O número do Renavam não consta na nota fiscal, mas, confirme dissemos acima, a nota fiscal é um dos requisitos indispensáveis para dar entrada no Renavam e em toda a papelada de um veículo novo.

Como Proceder Se Eu Não Tiver a Nota Fiscal do Meu Carro?

Como falamos, a nota fiscal é uma prova da negociação e da devida tributação sobre o veículo adquirido.

Mas ela não é a única comprovação possível e nem obrigatória.

Se você está comprando um veículo novo, é fundamental exigir a nota fiscal, pois sem ela você não consegue emplacar nem emitir os documentos necessários.

Mas, se você está comprando ou vendendo um veículo usado, a simples transferência de propriedade não exige a apresentação da nota fiscal.

Para fins comprobatórios, aquilo que no juridiquês se chama “tradição” (nesse caso, o simples fato de o veículo ter sido passado a um novo proprietário com uma comprovação financeira de transação) basta para comprovar que o veículo foi vendido/comprado.

Para mais informações acesse o blog → Consulta Renavam e assista o vídeo: