Skip to content

Para onde vai o dinheiro das Multas de Trânsito?





Entenda de uma vez por todas o destino do dinheiro das multas de trânsito no Brasil.

 Quem nunca ouviu aquela velha história de que o dinheiro das multas de trânsito vai para uma “máfia” do DETRAN? Ou que as multas de trânsito são uma “indústria” de alta lucratividade? Essas lendas urbanas são muito comuns no Brasil, não é verdade?

Certamente, as pessoas que afirmam e espalham esse tipo de informação não sabem qual o destino do dinheiro arrecadado com multas de trânsito. E você, já sabe tudo sobre o dinheiro arrecadado com multas para onde vai?

Neste artigo, vamos desmitificar algumas lendas urbanas e explicar em detalhes o que é feito com o dinheiro das multas de trânsito no nosso país. Entre outros assuntos, abordaremos a questão do dinheiro das multas de trânsito em caso de acidente, como recorrer a uma multa paga e como pagar multa de trânsito com seu cartão de crédito.




Nos próximos tópicos você vai ficar por dentro de tudo sobre multas de trânsito para onde vai o dinheiro. Confira abaixo!

Dinheiro das Multas de Trânsito, como é gasto?

Dinheiro Das Multas De Trânsito Em Caso De Acidente

Quem afirma que as multas são uma “indústria” e que o dinheiro das multas de trânsito vai diretamente para uma “máfia”, provavelmente nunca parou para pensar na origem do dinheiro que mantém o funcionamento de todo o sistema de trânsito nas vias públicas. Pois é.

Semáforos, placas, condições das estradas, equipamento e preparo de policiais responsáveis pelo trânsito são apenas alguns exemplos de como o dinheiro das multas de trânsito é gasto no Brasil.

Parte do dinheiro das multas de trânsito também é revertido em publicidade e campanhas educativas sobre trânsito.Além disso, 5% de toda a arrecadação é destinada ao Fundo Nacional de Segurança e Educação no Trânsito (Funset), órgão gerenciado pelo Departamento Nacional de Trânsito (DENATRAN).

Mas, com certeza agora ficou mais fácil entender qual o destino do dinheiro arrecadado com multas de trânsito no Brasil, não é?

Dinheiro das Multas de Trânsito em caso de acidente

Muita gente se pergunta se o dinheiro das multas de trânsito é usado para ajudar pessoas que sofreram acidentes. Muitas vezes essa dúvida é fruto de um mal entendido.




Conforme explicamos no tópico anterior, o dinheiro arrecadado com as multas, por lei, é obrigatoriamente aplicado em manutenção, engenharia e educação de trânsito.

É claro que muitas dessas aplicações visam diminuir a quantidade e a gravidade dos acidentes nas vias brasileiras, mas fato é que o dinheiro das multas de trânsito não é aplicado diretamente em situações de acidente.

Isso porque já existe um outro dispositivo que tem a finalidade de amparar vítimas de acidentes de trânsito. Este dispositivo é o DPVAT.

O DPVAT é um seguro obrigatório que deve ser pago juntamente com o IPVA do veículo e serve como um fundo para subsidiar necessidades de vítimas de acidentes de trânsito no nosso país.

Ou seja, é o DPVAT e não as multas de trânsito, que fornece subsídios para situações de acidentes de trânsito. E todo proprietário de veículo já paga anualmente o DPVAT.

Como recorrer a uma Multa Paga?

Muita gente pensa que, se receber uma multa de trânsito e realizar o pagamento, você perde o direito de recorrer. Mas isso não é verdade.




O código de trânsito brasileiro esclarece que pagar uma multa não significa renunciar o direito de recorrer. Uma coisa não impede a outra.

Em outras palavras, se você já realizou o pagamento de uma multa e o seu recurso foi aprovado posteriormente, você terá direito à restituição do valor.

Como cada estado possui o seu próprio departamento de trânsito (DETRAN), o procedimento para recorrer a uma multa vai variar um pouco de estado para estado. Mas, em geral, consiste no preenchimento de um formulário e apresentação dos seus documentos.

Para maiores informações sobre como recorrer a uma multa, consulte o DETRAN do seu estado.

Como pagar Multas no Cartão de Crédito?

Você sabia que hoje em dia é possível pagar multas de trânsito com cartão de crédito?



Isso mesmo! A quitação de multas de trânsito utilizando cartões de crédito foi liberada pelo Conselho Nacional de Trânsito (CONTRAN) em julho de 2018.

É possível, inclusive, parcelar o pagamento da sua multa em até 12x. Interessante não é? Agora você não tem mais desculpas para conduzir em situação irregular!

Quer saber como pagar sua multa de trânsito com cartão de crédito? Entre em contato com o DETRAN do seu estado e verifique o procedimento, bem como o endereço de onde você pode fazer o pagamento.

Com as dicas deste artigo você ficou sabendo de tudo sobre o dinheiro das multas de trânsito no Brasil e não tem mais desculpas para espalhar lendas e fake news por aí!